quinta-feira, 8 de julho de 2010

''Poderíamos casar, com certeza não seriamos aquele padrão de família feliz mas seria bem divertido. Teríamos um apartamento de paredes brancas e muitos quadros. Passaríamos dias deitados vendo filmes e discutindo coisas idiotas. Tomaríamos café da manhã às três da tarde. Brigaríamos pra ver quem ocuparia maior espaço no closet. E eu sempre reclamaria que você demora muito pra decidir as coisas. Ficaríamos de pijama o dia inteiro e um dia no meio da semana sairíamos pra encher a cara em um pub qualquer. Você reclamaria porque eu não gosto de arrumar a cama diariamente e porque eu acabei com o chá verde. Eu discutiria sempre com o cachorro que você insistiu para ter. Sairíamos para andar na chuva e não nos incomodaríamos em voltar encharcados. Eu não admitiria que adoro sua cara de bravo quando você descobre que eu não fechei a porta. Você brigaria comigo quando estivéssemos atrasados, e mesmo assim eu brincaria com os seus cachos no elevador. Você riria sem motivo e não me diria o que era. Nós falaríamos frases ao mesmo tempo. Eu escolheria os filmes e você o sabor da pizza. Nós não dormiríamos abraçados, mas andaríamos de mãos dadas. É, nós poderíamos casar.''

OBS: Desconheço a autoria, mas é um dos textos mais incriveis que já li em toda minha vida.

Um comentário:

  1. Ah que lindo texto *-*, amei,bem que você disse,muito lindo.

    ResponderExcluir